COMO SE JOGA

O objetivo do jogo é marcar o maior número de pontos.

 

Bola

A bola de rugby é de formato oval, de couro ou de material sintético apropriado. Ela pode ser tratada de modo a torná-la resistente à água e facilitar a aderência. Seu comprimento varia de 28,0 cm a 30,0 cm, com uma circunferência total de 74,0 cm a 77,0 cm, e de seção transversão de 58,0 cm à 62,0 cm, sua pressão deve estar entre 65,71 e 68,75 kPa, tendo assim, entre 410 à 460 gramas. Bolas menores podem ser utilizadas para jogadores mais novos.[8]

O Campo

 

O campo é de formato retangular, tem comprimento máximo de 144 metros e largura máxima de 70 metros. É dividido pela linha do meio de campo que separa os dois lados. Também é dividido em 2 regiões de touch in entre 10 e 22 metros de comprimento. A superfície deve ser de grama, mas também pode ser areia, barro, neve ou grama artificial. O jogo pode ser sobre a neve, desde que a neve e a superfície subjacente sejam seguros para tal. Não é permitido jogar-se em uma superfície dura permanente como concreto ou asfalto. E no caso de grama artificial, elas devem estar em conformidade com o Regulamento 22 da IRB.

Equipe

Uma equipe de rugby contém 15 jogadores titulares e, normalmente, 7 suplentes. A posição dos jogadores em campo geralmente é composta em linha paralela, sendo que os jogadores não podem se posicionar à frente da bola em jogo.

Equipamento 

No rugby são usadas apenas proteções flexíveis, feitas geralmente de tecido, espuma ou borracha. Algumas delas são obrigatórias.

  • Chuteira - Utiliza-se chuteiras exclusivas do desporto, com travas maiores.
  • Shoulder pad - Espécie de colete com partes amaciadas. Existem modelos que protegem os ombros, o abdômen, o peitoral, as costas e o bíceps, ou apenas algumas dessas partes. O uso é feito por debaixo da camisa, então o protetor não é visto pelas pessoas.
  • Boqueira - Proteção para os dentes. Sendo mais comum apenas a proteção única (apenas para os dentes superiores), pois não atrapalha a respiração, nem a comunicação entre os jogadores.
  • Scrum cap - Espécie de capacete com partes amaciadas para proteger o crânio de impactos de pequena e média força. Seu principal uso é de proteção para as orelhas, evitando o atrito dessas e possível deformação das mesmas. O scrum cap é mais utilizado pelos Avançados do que pelos Linhas. Essa não é obrigatória e a maioria dos jogadores não a utilizam.

Pontuação

  • Ensaio ou Try (5 pontos) - É marcado quando um jogador consegue apoiar a bola com uma das mãos no chão (toque-no-solo) dentro da “área de validação” adversária, que corresponde a área após a linha dos postes.

 

  • Conversão (2 pontos) - Sempre após o try, a equipe marcadora tem a possibilidade de chutar em direção aos postes do ponto paralelo dentro do campo de jogo àquele em que a bola foi apoiada na “área de validação”, tentando fazer com que a bola passe por cima da trave e entre os postes da equipe adversária.

  • Pontapé de ressalto ou Drop goal (3 pontos) - Durante a partida, um jogador pode desferir um chute tentando fazer a bola passar por cima da trave e entre os postes da equipe adversária. O jogador deve obrigatoriamente fazer a bola tocar no chão e no retorno fazer um chute imediato.

  • Pontapé de Penalidade ou Penalty Goal (3 pontos) - Ao sofrer uma falta a equipe pode optar por tentar fazer um chuto aos postes no local onde ocorreu a infracção. 

 

Pontuação

  • O sistema de pontuação de torneios geralmente usa o seguinte esquema:
  • Vitória – 4 pontos
  • Empate – 2 pontos
  • Derrota – 0 pontos
  • Ponto bônus – independentemente do resultado do jogo um time pode ganhar um ponto de bônus através dos seguintes critérios:
    • Marcar pelo menos 4 tries no jogo.
    • Perder por uma diferença de 7 ou menos pontos.

 

Passe

No rugby só é possível passar a bola para o lado ou para trás, sendo que os avanços são decorrentes das corridas com posse de bola, só é possível passes para a frente com pontapés. No chute, só podem perseguir a bola, além do chutador, os jogadores que estiverem em linha ou atrás do mesmo no momento do pontapé.

Tackle

O tackle é feito agarrando-se o jogador adversário que está portando a bola e conduzindo-o ao chão para que se possa fazer a tentativa de tomada da posse de bola através do ruck.

Ruck

 

Quando um jogador é tacleado ele solta a bola e é formado um “ruck” podendo mais jogadores também serem adicionados eles se empurram para tentar fazer a bola ficar do lado do time, os jogadores dentro do “ruck” não podem usar as mãos para empurrar a bola.

Maul

O Maul acontece quando três jogadores, sendo um que tem a posse da bola e mais dois, um de cada time, estão em contato.

O que difere o ruck do maul é que a bola não se encontra no chão, e sim na mão do jogador. A linha de impedimento também é formada no último pé, do último homem da formação e os jogadores só podem entrar nomaul por trás desse último jogador, sendo a entrada pelo lado penalizada.

Os jogadores devem manter os ombros e cabeça acima da linha da cintura, e o time que não tem a posse da bola não pode derrubar o maul intencionalmente(regras antigas, pois segundo as novas regras definidas pela IRB já é possível derrubar ajudando assim a equipe que defende) . Também não é permitido tirar os jogadores do maul, a não ser que esse seja do time adversário e esteja do lado errado do maul.

Scrum

scrum ou formação ordenada, é uma situação frequente no rugby, geralmente é usado após uma jogada irregular ou em alguma penalização. Os 8 Avançados das duas equipes formam uns contra os outros. O Scrum-half (Médio-Formação) da equipe que não cometeu a infração insere a bola no meio do “túnel” formado pelas duas primeiras linhas de cada equipe com a finalidade de que os jogadores da sua equipe consigam ganhar (talonar) a bola. As novas regras dizem que qualquer jogador que não faça parte da formação ordenada (composta por avançados e formação) tem que se encontrar a 10m da mesma.

Laterais

Quando a bola sai pela lateral do campo, uma das formas de repô-la em jogo é realizando um alinhamento. O hooker (talonador) da equipe não responsável pelo alinhamento verificado, lança a bola por cima da cabeça no meio das duas linhas formadas por um máximo de oito jogadores Avançados de cada equipe, que tentarão pegar a bola saltando, sem haver disputas corpo-a-corpo.

No alinhamento é permitido que se levantem os jogadores no ar a fim de que seja pega a bola. Normalmente os levantados são os Segundas-Linha ou Terceiras-Linha (Asas) e os que formam o “elevador” são os Pilares, dado que estes, por fazerem parte do pack, tendem a ser mais fortes, enquanto aqueles, corredores, necessitam de maior leveza e agilidade.

Alternativamente, quando a bola é posta pela lateral, a equipe adversária pode repô-la rapidamente para dentro do campo, bastando que ela cruze a linha de 5 metros, sem formação de linhas. Caso a reposição não seja imediata, deve-se proceder ao lineout.

Mark

Quando a equipe adversária chuta a bola e o jogador da outra equipe a pega sem cair no chão e dentro da área de 22 metros, ele pode pedir mark ou marco, que consiste na possibilidade de se dar um chute sem ter o perigo de ser tackleado. O jogador que pediu marco tem o direito de dar um chute de onde pegou a bola.

Competições Nacionais

Leave a Reply